Fórmula 1 não deverá ter nenhuma corrida nas Américas – Brasil incluído – em 2020

Pela primeira vez em 70 anos de história, a Fórmula 1 não deverá ter nenhuma corrida nas Américas. A tendência é a de que as corridas de Canadá, Estados Unidos, México e Brasil não sejam realizadas devido aos desdobramentos da pandemia de coronavírus. A F1 deve divulgar nesta sexta-feira as datas dos GPs em Mugello (Itália) e Sochi (Rússia), deixando o restante do calendário a ser divulgado de acordo com a evolução da doença. + Veja o calendário da temporada 2020 + Confira a classificação do campeonato Largada do GP do Brasil de 2019, em Interlagos — Foto: Getty Images Largada do GP do Brasil de 2019, em Interlagos — Foto: Getty Images Dos quatro países, o que estaria menos distante de receber uma prova seria o Canadá. No entanto, há dificuldade de se encontrar uma janela para a marcação do evento em Montreal numa temperatura aceitável, já que o frio vai aumentando exponencialmente conforme o fim do ano se aproxima. Já a situação de Estados Unidos, México e Brasil havia sido descrita pelo chefe da Mercedes, Toto Wolff, no último fim de semana. Com o panorama do Covid-19 ainda num nível elevado nestes três países, as equipes não querem se deslocar por questões de segurança.



Comentários do Facebook

Chat aberto